Início > Teatro > Teatralizando > Stand-up na periferia! Você sabia?

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

Stand-Up na periferia! Você sabia?

Fomos até Guaianazes conferir uma novidade que está agitando a periferia, a expansão dos shows de Stand-Up Comedy e conversamos com os comediantes Dihh Lopes e Juliano Bezerra

Por Adriano Garcia - Garoa News
04/11/2017 16:30  

Uma novidade está agitando a periferia, mais precisamente a zona leste da cidade. Em bares de Itaquera, São Miguel Paulista, Tatuapé e Guaianazes e em cidades da região metropolitana, locais onde antes o que no máximo havia era música ao vivo, agora está acontecendo uma grande expansão da comédia stand-up na periferia, abrangendo um novo público. Fomos visitar um desses bares, o Batata da Otero e conversamos com o comediante Dihh Lopes e o produtor e também comediante Juliano Bezerra para falar sobre esses novos espaços e consequentemente um novo público para a comédia em pé.

Um bar intimista, com boa comida e um público novo, que dificilmente foi em um show de comédia solo antes. Casa pequena e lotada. Desafiante? Para Dihh, comediante há oito anos, não, é gratificante: “Eu faço show no Comedians, no Renaissance, públicos mais ‘de elite’. Mas o meu texto abrange todos os públicos.

Stand-up na zona leste
Foto por: Valter Silva

É legal fazer num lugar intimista assim”. “É bem bacana, bem gostoso fazer num local intimista assim. É mais fácil fazer com muita gente. Mas é gostoso fazer assim também, um show mais popular”.

O comediante tem como influências na comédia stand-up nomes internacionais como Chris Rock, Dave Chapelle entre outros e no Brasil nomes como Fábio Rabin, Rafinha Bastos e Léo Lins. Dihh tem paixão mesmo por estar no palco: “Não tenho pretensão de TV, de grande repercussão. O que eu gosto mesmo é de ter meu público, estar no palco”.

Falamos também com Juliano Bezerra, comediante, produtor e também professor nas horas letivas. Juliano contou que foi um processo demorado a produção de um show na periferia: “Demorou dois anos da proposta apresentada e o contato para acontecerem as noites no Bar”. “Tudo no começo foi improvisado, os comediantes gostaram, já tivemos aqui: Jefynho Farias (Ceguinho da praça), Janssen Silva, Thiago Carvalho, entre outros”. “Público lotou, a resposta ta sendo ótima”.

Comediante Dihh Lopes
Foto por: Valter Silva

Assim como Dihh, Juliano sente prazer por estar no palco, não tem uma busca frenética por fama e sucesso: “Eu não quero fama, eu quero ser bom, ter um bom show, ter um bom público, ajudar pessoas começando e ser reconhecido como um bom comediante no meio”. Juliano falou também sobre a receptividade do público: “Está excelente, platéia muito receptiva. Uma galera que ama Stand-Up”. Juliano falou também das dificuldades do começo: “É muito difícil, fosse por hoje talvez eu desistiria. Dificuldades de transporte, sem dinheiro pra ir até o show, pra conseguir espaço pra quem sabe agendar um outro show. Não é pra todos. Todos vão querer te ajudar, mas é um mercado muito difícil, não é ‘pra todos’, não é só subir no palco e começar a falar”.

 

Falamos rapidamente também com  Eduardo “Batata”, o dono do bar: “Público ta excelente, é um público mais familiar, tranqüilo, não bebe demais, não dá briga. Não tem um objetivo, um auge. Queremos sempre chegar mais longe. Tá muito bom, mas pode ser ainda melhor”.

Siga os entrevistados nas redes sociais Dihh Lopes (Facebook e YouTube e Instagram) e Juliano Bezerra (Facebook, InstagramYouTube). E o local onde aconteceu o show (Facebook), venham conferir o trabalho dos caras e sejam sempre muito bem vindos.

30 anos, Estudante de Jornalismo na Uninove. Blogueiro há 15 anos em esportes, política e musica. Amante do bom e velho Rock and Roll, também de MPB e do que tiver qualidade do clássico a moda viola. Amante de cinema, de um bom livro e de boas amizades. Apaixonado por esportes, acompanha diversos campeonatos de futebol e com um amor incondicional pelo Corinthians alem de adorar Napoli, Liverpool e Benfica. 

 

"Vivendo cada dia como se fosse o último."

Adriano Garcia

    Gostou da leitura? Volte sempre que desejar, não esqueça de nos seguir nas redes sociais  

© 2017 por "Garoa News". Orgulhosamente criado com Wix.com