Início > Games > GameZone > Quem disse que jogar video game não é esporte?

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

Quem disse que jogar video game não é esporte?

O assunto do momento é League Of Legends. Jogo este que teve sua versão beta lançada em 10 de abril de 2009. Tem conquistado uma legião de fãs

Por Valter Silva - Garoa News
23/01/2019 13:50 

Game criado pela Riot Games, que lançou inicialmente o jogo com 40 campeões (players para serem escolhidos pelo jogador) e conta hoje com mais de 140 personagens para utilização dos jogadores.

Na última BGS (Brasil Game Show) ocorreram diversos show de grandes players de LOL, onde participaram de um campeonato durante o evento que teve como equipe vencedora a equipe Santos, que leva a bandeira da equipe de futebol como seu símbolo, com Natan Braz “fNb”, Leonardo Faria “Erasus”, Julio Cruz “NosFerus”, Matheus Trigo “TRIGOD” e Emerson Alencar “Boca JR”. As partidas são iniciadas com times de 5 jogadores, nas posições de Topo, Meio, Selva, Atirador e Suporte de cada lado e ficam distribuídos no campo Summoner’s Rift.

Vitor Silva Jogando LOL - foto por Valter Silva

O jogo é bem simples, basta destruir todas as torres do inimigo e chegar ao “Nexus” que é o poder do adversário, nesse processo você entrará em batalhas contra os seus inimigos no campo e também haverá alguns objetivos secundários para se conseguir “buffs” de poder, como derrotar os dragões espalhados no campo e o Barão de Na’Shor que aumenta a força dos personagens para alcançar a vitória. Vale lembrar que os jogadores são separados por níveis, começando por Bronze à Mestre.

Final de partida Vitor - foto por Valter Silva

Vitor Silva, 25 anos é um jogador que luta para chegar ao nível ouro, fala que o jogo é fácil. “Mano, na realidade o jogo não é difícil o complicado é um time coeso, sempre tem um jogador que trolla a partida”. Para subir de nível o jogador passa por cinco divisões dentro de uma categoria, no caso de Vitor, ele precisa juntar 100 pontos durante as partidas para conseguir uma chance de numa melhor de três, caso saia vencedor sobre de nível. “As partidas costumam durar mais de 30 minutos, às vezes 50 e isso complica para subir de ‘elo’ no game, eu tenho de trabalhar né!” destaca Vitor.

O primeiro campeonato mundial de League of Legends aconteceu em 2011, em Dreamhack, na Suécia. Que teve como campeão a equipe Fnatic, composta por dois alemães Mellissan e LamiaZealot,

um finlandês Cyanide, um espanhol xPeke e um polonês Shushei, que receberam um prêmio de 50 mil dólares. A primeira equipe brasileira a participar de um mundial foi a KaBuM! Que na época contava com LEP, Danagon, TinOwns, Minerva e dans.

“O personagem mais banido é o Yasuo - o Imperdoável, porque normalmente quando cai no time adversário, ele é difícil demais de derrotar, e quando cai em nosso time normalmente o player não joga nada”, brinca Vitor, ao comentar do personagem mais excluído das partidas. O game que virou esporte tem adeptos de todas idades e sempre surge o interesse de se formar uma equipe e tentar ser profissional, isso é confirmado por Alex Gomes, 20 anos. “O jogo é rentável, da pra ganhar dinheiro jogando”, Alex completa,“Já tentei montar uma equipe, mas não deu pra encaixar na agenda, uma forma de todos comparecerem para treinar, temos todos horários diferentes e não temos renda para dedicar apenas a isto”.

Objetivo do jogo é destruir o Nexus
foto por Valter Silva

Momentos finais de partida - foto por Valter Silva

Quadra Kill - Alex Gomes - foto por Valter Silva

O personagem favorito de Alex, é a Akali. “A Riot em seu comercial, uma vez comentou que devemos escolher o personagem que mais combina com nosso jeito de ser, e eu prefiro a Akari, pois ela é uma assassina ágil e explosiva, onde eu consigo eliminar os oponentes rapidamente”.

Realmente conseguimos constatar que o mercado é muito rentável, a ponto de a P&G fazer parte deste “novo mundo”, onde usou a marca Gillette como patrocinador do Campeonato Brasileiro de League of Legends que aconteceu neste mês de novembro. Sem contar diversos times de futebol que desde 2017 vem investindo em algumas equipes de LoL, casos do Santos, Corinthians, Flamengo, Remo, Avaí, ABC e outros mais. Este é um mercado em plena ascensão e merece atenção tanto de usuários quanto das empresas que querem surfar nesta onda e galgar espaço na mídia brasileira e quem sabe mundial.

Valter Silva

Estudante de Jornalismo da Uninove, atualmente cursando mídias digitais. Apaixonado por comida, filmes, esportes e fotografia. Exímio jogador de Fifa e jogos de corrida de modo geral, além de um leitor ávido. Dedicado ao cuidado com o corpo, esportes e adrenalina e o mais político que uma pessoa pode ser. Seja bem vindo e sinta se à vontade.

 

“Encare o Grande Show que é mundo e seja maior que a Vida.”

    Gostou da leitura? Volte sempre que desejar, não esqueça de nos seguir nas redes sociais  

© 2017 por "Garoa News". Orgulhosamente criado com Wix.com